Guitarra! A história completa do instrumento mais versátil de todos os tempos.

Você sabe quem inventou a Guitarra Elétrica? Não! Agora você vai poder conhecer a historia completa do seu instrumento favorito

Confira o artigo abaixo e descubra mais sobre um dos instrumentos mais versáteis da historia moderna!

Não dá para conceder esse mérito a uma única pessoa. O instrumento foi resultado de uma longa evolução e da colaboração mútua entre músicos e técnicos em eletrônica e carpintaria, numa história que teve, inclusive, a participação de brasileiros. 

A peça fundamental da guitarra é o captador. Esse dispositivo, inventado em 1923 pelo músico e engenheiro acústico americano Lloyd Loar, transforma a vibração das cordas de aço em sinais elétricos, enviados a um amplificador e daí a um alto-falante. 

A invenção de Loar permitiu que o imigrante suíço radicado nos Estados Unidos Adolf Rickenbacker construísse e patenteasse um instrumento de braço longo e corpo redondo, com uma placa sólida de alumínio. O modelo de Rickenbacker, desenvolvido em 1932, é considerado por alguns historiadores como a primeira guitarra equipada com captadores elétricos.

Aos poucos foram surgindo também os modelos feitos em madeira com o corpo oco, o que gerava problemas de microfonia.



                                              Modelo Rickenbacker desenvolvido em 1932


As guitarras de madeira maciça apareceram para valer só nos anos 40. Nessa década, vários americanos trabalharam paralelamente no aperfeiçoamento do instrumento. Um técnico especializado em consertar rádios chamado Leo Fender foi o primeiro a produzir em escala comercial guitarras de corpo sólido, que ele batizou de Broadcaster - nome que seria mudado para Telecaster. Para concorrer com Fender, a fábrica de instrumentos Gibson, que já produzia violões elétricos com captadores, convidou o músico Les Paul para redesenhar um protótipo desenvolvido por ele. Em 1947, Paul Bigsby, outro fabricante, uniu-se ao cantor de música country Merle Travis para projetar sua própria guitarra elétrica de corpo maciço, considerada o modelo mais próximo do que conhecemos hoje. 

Alheio a tudo isso, no Brasil, o eletrotécnico e músico baiano Adolfo Nascimento, mais conhecido como Dodô, buscava desde 1938 uma forma de usar um captador para amplificar o som de seu cavaquinho.
Ele discutia a idéia com o também músico e amigo Osmar Macedo, com quem fundaria o famoso Trio Elétrico Dodô e Osmar. Por volta de 1944, Osmar desenvolveu um instrumento que nem corpo tinha, era apenas um braço de cavaquinho com captador, chamado de "pau elétrico".
A invenção atraiu a atenção de marinheiros americanos de passagem pela Bahia. Ninguém sabe ao certo, mas há quem diga que essas engenhocas chegaram às mãos de inventores americanos, influenciando também o desenvolvimento da guitarra.

Evolução musical Instrumento nasceu de modelo primitivo e ficou cada vez mais sofisticado Rickenbacker Electro Hawaiian

Bisavó das guitarras atuais, ela foi inspirada na guitarra havaiana, tocada no colo do músico, com um cilindro metálico ou de vidro, que deslizava sobre as cordas. O formato e a placa de alumínio no corpo lhe renderam o apelido de "frigideira"





Pau Elétrico
Inspirado pela exibição de um violonista clássico que se apresentou em Salvador com um violão elétrico, o músico Osmar Macedo criou essa guitarra primitiva, usando um captador colocado numa peça de jacarandá




Les Paul
Foi o primeiro modelo de corpo sólido produzido em série pela Gibson. Projetada pelo músico americano Les Paul, sua principal característica é a capacidade de sustentar as notas por longo tempo







Fender Stratocaster
Uma das criações mais famosas do fabricante de instrumentos Leo Fender, a Stratocaster, lançada em 1953, era o modelo predileto de Jimi Hendrix, um dos maiores guitarristas de todos os tempos

 

Cursos de Guitarra - Clique aqui!

Um pouco de história

A necessidade de uma guitarra elétrica surgiu porque alguns músicos achavam que o violão clássico era muito calmo para contribuir para a produção musical de grupos em vários aspectos. Este problema começou a ser particularmente evidente nas salas de concertos de música de 1880.
Décadas mais tarde, as grandes bandas dos anos 20 priorizavam o som e o ritmo dos instrumentos de percussão, de modo que o violão se tornou um item secundário, produzindo melodias tão baixas (em relação à bateria) que nem mesmo os músicos do grupo podiam ouvir. A necessidade de uma inovação para o violão era óbvia e necessária.
George Beauchamp, um dos integrantes da dupla criadora, já tocava guitarra havaiana (com estrutura de aço e de uso na horizontal no colo) e isso foi um fator chave para a invenção da guitarra elétrica.
Beauchamp, então conheceu Rickenbacker no Dopyera Brothers, um fabricante de guitarra em Los Angeles, e eles concordaram em trabalhar em um projeto de guitarra elétrica juntos. Adolph Rickenbacker foi um dos pioneiros em sua área profissional, sendo um homem que gostava de inovações e ousadia, como a fundação da Rickenbacker International Corporation, uma empresa cujo único propósito era criar e fabricar instrumentos musicais elétricos.

Depois de muitas tentativas, finalmente a dupla inventou um dispositivo eletromagnético que pegava as vibrações das cordas da guitarra com grande clareza. Em poucas palavras, os eletroímãs convertiam essas vibrações em um sinal elétrico, que era amplificado e transmitido através de alto-falantes.
Em 1931, eles instalaram esses captadores em uma estrutura desenhada por Harry Watson, uma guitarra de colo feita de alumínio chamada "Frying Pan" (frigideira em ingês) devido ao seu tamanho e forma. A partir daí, a invenção se tornou a primeira guitarra elétrica comercialmente viável.
Desde essa data, a primeira menção conhecida do público de uma guitarra eléctrica melhorada apareceu em Wichita, Kansas, em outubro de 1932. O músico Brewer Gage fez uma demonstração para a imprensa com duas de suas aquisições recentes, uma guitarra havaiana elétrica e outra elétrica padrão, sendo que as duas tinham sido criações de Beauchamp.
As estruturas em madeira vieram com a adaptação do músico Les Paul em 1940, quando ele criou o "The Log", uma guitarra cujas cordas e captadores foram montados em um modelo esculpido a partir de um bloco sólido de madeira. Desde então, mais e mais modernizações aconteceram e o resto da história o mundo todo conheceu com o sucesso do rock e de outros estilos que utilizam a guitarra elétrica.

Finalizando

Em um contexto geral podemos dizer que o inventor da guitarra é sim Adolf Rickenbacker. Porque na historia tivemos o inventor do captador antes dele e logo depois vários homens que aperfeiçoaram o instrumento. Mas a idéia de juntar o captador e colocar o corpo de madeira, trastes e tarraxas, foi apenas um homem.

Adolf Rickenbacker

 

Guitarra de A a Z

O mundo da guitarra é aqui!.