Guitarrista Michael Angelo Batio apresenta workshop em Santos

Artista mundialmente conhecido como o criador da guitarra de dois braços se apresenta na Cidade e concedeu entrevista ao Diário do Litoral.


Mundialmente reconhecido como uma lenda viva da guitarra, Michael Angelo Batio foi o criador da guitarra de dois braços e inventor e pioneiro do estilo “Shred Guitar” (termo usado ao estilo de tocar guitarra que dá ênfase à velocidade e técnica do instrumento) e, inclusive, já foi eleito pela revista ‘Guitar One’ como o melhor e mais habilidoso guitarrista de todos os tempos.

O artista, que é ambidestro, consegue tocar duas guitarras ao mesmo tempo, em harmonias sincronizadas ou separadas, e foi o inventor da guitarra de dois braços opostos em forma de "V", a Double V-Neck, e da guitarra de quatro braços em forma de "X", a Quad Guitar X-400.

Por ter tido um reconhecimento muito grande ainda na juventude, Batio já viajou mais de 50 países apresentando seu trabalho, além de ter seu nome em coproduções com grandes nomes, como Tom Morello (Rage Agaisnt The Machine), Mark Tremonti (Alter Bridge fame) e Rudy Sarzo (Ozzy Osbourne, Quiet Riot, Whitesnake e Dio fame). Na última quinta-feira (15) ele concedeu uma entrevista ao Diário do Litoral, falando um pouco sobre sua influência a guitarristas mais jovens e seus planos para o futuro.

Abaixo entrevista concedida de Michael de Angelo ao Diario do Litoral

DL – O álbum “No Boundaries” está completando 20 anos em 2015. Como você se sente em relação a isso?
MAB – Eu me sinto ótimo com isso. Já lancei 12 álbuns solo e agora tive um doos melhores anos de minha carreira. Posso dizer que me sinto muito orgulhoso de "No Boundaries”.

DL - Qual a sua opinião sobre a nova geração de guitarristas. Tem algum que você acompanha?
MAB - Acredito que esta seja a melhor geração de guitarristas que já vi. Dean Guitars assinou com um jovem guitarrista chamado Jacky Vincent e ele é fantástico.

DL - Muitos artistas usam seus álbuns como influência. Como você se sente em relação à isso?
MAB - Me sinto honrado. Eu influenciei muitas gerações de ótimos guitarristas. De Tom Morrello and Dimebag até Herman Li e agora muitos jovens músicos também. Para mim é maravilhoso.

DL – Qual sua impressão sobre Santos? Já que é a segunda vez que você vem à Cidade se apresentar.
MAB - Santos é maravilhosa. Eu amo o Brasil. É um dos meus países favoritos do mundo para se apresentar

DL – Qual foi a apresentação que mais te marcou aqui no Brasil?
MAB - Na verdade foi uma sessão de autógrafos em uma exposição de música em São Paulo há alguns anos atrás. Eu precisei de um 'círculo' de seguranças em volta de mim para manter os fãs para trás enquanto eu andava pela área reservada para os autógrafos. As pessoas estavam enlouquecendo, de um jeito bom. Eu adorei.

DL – Após a turnê mundial, quais são seus planos para o futuro?
MAB - No momento minha vida está girando em torno da turnê mundial e no lançamento do meu CD e DVD. Eu lancei um álbum este ano, chamado "Shred Force 1", que tem mais de 20 artistas convidados, incluindo Deadn Guitars CEO Elliot Rubinson. Além disso, eu também lancei um DVD ensinando minha nova música "No Boundaries", enquanto fazia mais de 100 concertos e workshops. No próximo ano, provavelmente, será a mesma coisa. Fazendo a tour de lançamento do CD e DVD. Eu nunca consigo me cansar disso

Na próxima segunda-feira (19), o guitarrista vai fazer um workshop para seus fãs sobre suas habilidades com o instrumento, no Moby Club (avenida Vicente de Carvalho, nº30). Os ingressos custam entre R$20 e R$40 e podem ser adquiridos na Musical Store (rua Floriano Peixoto, número 16).

Guitarra de A a Z

O mundo da guitarra é aqui!.