Fender adota nova matéria prima para fabricar guitarras

Por determinação da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção (CITES), em janeiro de 2017 entrou em vigor uma lei que limita o comércio da madeira rosewood. De acordo com o site Guitarload, “esse é o tipo de madeira usada na maioria das guitarras”.

Guitarra de A a Z

Como não quer encrencas com os tribunais, a fabricante Fender anunciou que vai acatar a determinação da CITES. Via comunicado oficial, a empresa revelou que nos próximos meses a maioria das guitarras e baixos construídos no México, e também os modelos American Elite, deixarão de ter escalas em rosewood. Os modelos mexicanos usarão pau ferro, uma madeira semelhante a rosewood e que já foi utilizada na Stratocaster, numa das versões de assinatura de Stevie Ray Vaughan. Por suas vezes, os modelos American Elite passarão a ter o ébano.
Guitarra de A a Z


Confira o comunicado da Fender:

“A Fender pretende continuar usando a madeira rosewood em guitarras Solidbody norte-americanas, tal como acontece na gama American Professional. Rosewood ainda é usada em várias gamas de instrumentos, até porque está historicamente comprovada como uma madeira com definição sonora. A mudança será feita em coordenação fluída com o mercado; não há uma data estabelecida. Ainda estamos avaliando opções para a Squier e para os modelos acústicos. As marcas FMIC, como a GretschJacksonCharvel e EVH, continuarão a utilizar o rosewood nos seus modelos Solidbody e Acústicos, em todos os países. A Fender está empenhada, enquanto marca, a cumprir todas as regulamentações CITES e em assegurar que continuará a providenciar a melhor qualidade e acessibilidade de produtos aos seus clientes e distribuidores”.

Guitarra de A a Z

O mundo da guitarra é aqui!.